1 de jul de 2011

Ruínas


Ruínas
                                       Por Emanuelle Nicoly Gomes 

Você pode não perceber a verdadeira razão,
não sentir a emoção,
somente a esperar e o tempo a passar...
... Desilusões alimentar.
Num coração sem vida eu tentei habitar.
Perdi a razão, morri de frio, numa imensa solidão.

Caminhos entrelaçados, a poeira subindo.
É você partindo, sempre indo mas nunca andando.
Perdida no seu mundo de fantasias,
quem sabe um dia aviste a alegria.

As árvores não crescem, as flores não florescem.
O chão está afundando e vc está caindo sem perceber.
E eu por mais tolo que possa parecer, vou com você.

Porque não ha sentido esse seu mundo divertido.
Porque não ha razão essa vida sem emoção.

Será que não ve o que eu vejo em você?
Sabe a história de amor que poderiamos ter,
até os olhos de um cego podem ver
aquilo que meu coração não quer perceber.

Num coração sem vida eu tentei habitar...
... Mas meus pulmões não mais suportam o ar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário