18 de set de 2011

Anjos

As multidões presas em seus mundos onde cada um é o mais importante
O fogo que queima ao redor não queima aqueles verdadeiros
Anjos da salvação com suas mãos limpas, secam o choro da criança ferida
E onde você estava, enquanto o mundo padecia?
Aquelas velas que queimam no altar não salvarão sua alma
Os defeitos tão perfeitos que você retirou de si, e zombou de mim
Ouça a voz da salvação, enquanto ainda há esperança
E quem sabe tudo seja, como deveria ser

Os momentos triste que passei sozinha perdida em pensamentos de um dia melhor
As nuvens negras de um céu de amarguras
Anjos me acompanhavam, e te acompanhavam e sofriam também
Sem tristezas, apenas dizendo adeus, a tudo que era ruim
Porque nada mais importa, eu não sou especial, nem você, agora percebo.
Deixe as lagrimas caírem e a dor ir embora, já não importa
O negro se tornará tão branco quanto possa ser
As lembranças apagadas da minha alma, sem cicatrizes.

Eu vi o futuro passar pelos meus olhos, e me chamam de louca
Mas os loucos são sábios, conhecedores de vários mundos
Anjos me disseram que eu estava certa, e isso é verdade

Emanuelle Nicoly Gomes

14 de set de 2011

Viciados


                                         

Mais e mais
Eu quero muito mais do que você quer
Eu não consigo me conter
É terrível isso
Mas você me ama desse jeito louco
Que me faz ficar tão doida
Uma completa viciada em você

Olhar para os lados e não te ver
Me causa desespero
Eu quebro tudo, depois me acalmo em ver você sentado na porta de casa
Porque sozinha eu não consigo

E começa tudo mais uma vez
A sedução, o jogo, o prazer
Porque você é a minha droga preferida

Antes era tudo tão vazio
Mas você meche comigo
Me dá adrenalina...
E eu simplesmente pego fogo
Depois não chore se eu entrar em combustão
Nosso amor é fatal!

Me leve a loucura...
Que eu te dou o meu melhor
Depois nós dois passeamos juntos pelo hospício
Tão simples!

Essas são as consequencias por te amar
Me chefe! Meu dono! Meu amor!


¬¬

Minha mente tá um merda - inspiração nenhuma :S

5 de set de 2011

Abrindo os Olhos



                                    Abrindo os olhos

Consegue enxergar a luz
É tudo tão escuro onde eu estou
Mas você pode ver
E eu estou dependente de você
Porque não há mais volta
Tudo acabou

Perdidos dentro de nós mesmos
Olhando pela janela
E vendo o nada
Porque o tempo passou
E nós simplesmente não vimos

Tentamos concertar o passado
Mas de que isso adiantou?
Só nos trouxe lembranças e dor

Nada é mais igual
E o que podemos fazer?
Os erros não podem ser mais concertados
E não podemos voltar naquele sim
Oh querido, foi tudo em vão
E só agente não percebeu

Você me deixou caída na grama
E eu chorei
Chorei toda a raiva que tinha
Deixei o medo
E me apeguei somente a dor
Porque não há mais volta
E tudo passou
E só eu...
Só eu não percebi!